Deportados

“Você sabe porque tenho que partir, não sabe Greg?” Perguntou o pai enquanto se abaixava para abraçar o filho. A criança parecia não ouvir, mantinha

O Cronista

De tanto escrever sobre amor, acreditava-se que ele fora um grande amante. Fazia das palavras degraus que alcançavam a alma. Caracteres tocavam o coração de